Diafragma fotografia – O que é e como funciona

As câmeras digitais é um dos aparelhos de tecnologia mais utilizados pelas pessoas. Elas vieram para substituir as máquinas de filme e desde então são muito cobiçadas pelas pessoas.

E com o tempo surgiram as semiprofissionais e também as profissionais que contam com uma série de características a mais do que as amadoras. Estas características são mais conhecidas e entendias por profissionais da área.

O que é o diafragma

Entre elas, você já ouviu em falar da abertura do diafragma? O diafragma um sistema composto da câmera que tem a capacidade de conseguir controlar a abertura por onde entra a luz, ou o sensor das digitais, para realizar a imagem desejada.

Dessa forma, quanto maior a abertura, mais luz é capaz de entrar, e o contrário também é verdadeiro.

Abertura do diafragma da câmera

Como visto no tópico anterior, quanto maior a abertura, mais luz é capaz de entrar, e o contrário também é verdadeiro. Dessa forma, as lentes que são compostas de grandes aberturas podem ser denominadas “lentes luminosas”.

Isso porque, essas lentes tem a capacidade de conseguir favorecer a qualidade de imagem para quem se dedica a fazer fotos em ambientes mais fechados, e que na maior parte das vezes estes ambientes tendem a não ser tão claro o suficiente, e por isso não recebem a iluminação mais adequada.

A abertura do diafragma faz com que seja permitido entrar o máximo possível da pouca luz disponível do local, evitando as fotos escuras. Porém, por outro lado também é necessário entender que quanto maior a abertura, menor a profundidade de campo.

Abertura do diafragma e velocidade do obturador

A abertura do diafragma e a velocidade do obturador são dois elementos extremamente importantes que estão compostos em uma câmera digital.

Isso porque a velocidade do obturador, como o nome já sugere, ela é capaz de conseguir controlar o tempo da qual a luz necessita entrar na câmera para sensibilizar o filme. Essas velocidades podem variar de acordo com os números: 1, 2, 4, 8, 15, 30, 60, 125, 250, 500, 1000, ou também pelas letras B e T.

Quando o fotógrafo realiza o regulamento da velocidade no número 1, é automaticamente permitido que a entrada de luz seja durante um segundo. Já quanto os demais números representam nada mais do que apenas frações de segundo e são calculados para que seja feito a redução do tempo de entrada de luz pela metade.

Abertura do diafragma e profundidade de campo

A abertura do diafragma é capaz de conseguir poder interferir de maneira direta na profundidade de campo, e quanto mais aberta estiver a lente, menor é essa profundidade e assim também vice-versa. Mas, você sabe o que é realmente a profundidade de campo nas câmeras digitais mais sofisticadas de hoje em dia?

Para entender melhor, ao ver uma fotografia, ela pode estar completamente focada, ou com algumas partes focadas e outras não. Esse nada mais é do que um efeito visual da profundidade de campo. Dessa forma, quanto maior ela for mais áreas da imagem ficam nítidas na foto, e quanto menor ela for menor também será o ponto de foco da imagem desejada.