O que é iso na Fotografia?

As câmeras digitais carregam diversas características de funcionamento que são conhecidas geralmente por profissionais da área. Entre eles, é o valor ISO. Mas afinal, quais são os conceitos por trás do ISO?

Como funciona o ISO

Este é muito conhecido até mesmo por jornalistas, que devem estudar sobre fotojornalismo e por isso necessita ter uma noção básica de como funciona uma câmera digital profissional.

O ISO na câmera digital varia de valores que são de 800 a 1600 do qual tem a capacidade de permitir que o fotógrafo possa tirar fotos com pouca luz evitando que a devida imagem saia tremida.

Escala de sensibilidade ISO

Antigamente, o ajuste de ISO nas máquinas fotográficas com filme também recebia o nome de ajuste de ASA.

Com o avanço da tecnologia as câmeras sem filme, os sensores eletrônicos que estas usam trabalham com números ISO ao invés de ASAS. O princípio na verdade é o mesmo. A grande diferença é que quanto maior o número ISO mais sensível está o sensor eletrônico da câmera.

Por isso, é necessário que o fotógrafo tomar cuidado ao utilizar os valores ISO, pois a tendência é de quanto mais alto, mais sensibilidade terá. Esta sensibilidade se refere a granulação da foto.

ISO e profundidade de campo

A profundidade de campo significa as distâncias que são geradas em torno do plano focal onde tenha um grau de nitidez. A profundidade de campo depende dos tipos de câmeras utilizadas, aberturas e distância.

Dessa forma, a profundidade de campo nada mais é do que a distância ao longo da qual a imagem se mantém nítida. E para isso acontecer, é necessário de três fatores, básicos: abertura, a distância entre a câmara e o objeto e também a distância entre o objeto e o plano de fundo.

ISO alto

Quanto mais alto o valor do ISO seja programado, maior será a sensibilidade do sensor em relação a luz.

O valor de ISO alto tende a ser muito utilizado em eventos, como em casamentos, onde é extremamente importante conseguir obter uma boa qualidade de luz no ambiente e resultar em imagens bem feitas.

É necessário saber que existem determinadas situações em que o ISO deve mesmo ser utilizado no valor mínimo. Mas, a foto com o valor mais alto deve ser efetuada em locais que contenham uma luz de mais qualidade, como em ambientes de luz natural ou também luz artificial mais clara. Do contrário, os flashs também podem ser a melhor opção.

Vantagens e desvantagens ISO baixo

Os valores de ISOs menores são mais adequados para fotografar ambientes com muita luz, evitando que a imagem da foto saia “estourada”.

De uma maneira geral, é recomendado que se use o menor ISO possível se o fotógrafo estiver em um dia ensolarado. Dessa forma, com um valor mais baixo é possível gerar imagens com cores vibrantes, céus bem azuis e boa tonalidade de pele.

Já, para os dias mais nublados e ambientes internos com uma qualidade de iluminação razoável, pode ser usado o ISO 400.

Qualquer dúvida, deixe nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *